FAVORITAR
FecharPlease login

Recall, um novo recurso do Windows 11

A Microsoft está lançando o Recall, uma nova ferramenta do Windows 11 que registra tudo o que um usuário vê e faz no computador e permite pesquisar e recuperar informações sobre essas atividades – essa ferramenta por enquanto roda apenas na nova linha de computadores Copilot+ PC.

O escopo do Recall, que a Microsoft chamava internamente de AI Explorer, é vasto – ele inclui registrar o uso de aplicativos, rastrear reuniões realizadas ao vivo, vídeos assistidos, lembrar os sites visitados etc. – tudo o que o usuário precisa fazer é acionar a ferramenta e ela apresentará os resultados.

A Microsoft já havia tentado   algo menos ambicioso no Windows 10 com o Timeline, mas descontinuou o recurso em 2021. Também existe um aplicativo semelhante para o ambiente Mac chamado Rewind, mas o Recall é nativo   Windows, enquanto o Rewind é um aplicativo de terceiros que é preciso instalar e conceder permissões.

O Recall não funciona com todos os computadores que usam Windows 11, apenas para os novos Copilot+ PC equipados com os novos chips Snapdragon X Elite da Qualcomm, que possuem a unidade de processamento neural (NPU) necessária para o Recall funcionar.

Também existem requisitos mínimos de armazenamento para usar a ferramenta, sendo que o espaço mínimo de memória secundária para executar o Recall são 256 GB dos quais cerca de 25 GB armazenarão aproximadamente 3 meses de atividade de um usuário comum – esses números podem ser ampliados pelo usuário.

No dia 25 de Junho de 2024, ocorrerá o “Seminário de Sistemas Embarcados e IoT 2024“, no Holiday Inn Anhembi — Parque Anhembi, São Paulo–SP.

Garanta seu ingresso

A Microsoft diz que as informações do Recall serão sempre armazenadas apenas no dispositivo, havendo a possibilidade de o usuário   pausar, interromper definitivamente ou excluir o conteúdo capturado, ou ainda, optar por excluir aplicativos ou sites específicos. 

O Recall também não registrará sessões de navegação InPrivate no Microsoft Edge e de conteúdo protegido por DRM (Digital Rights Management), mas a Microsoft diz que “não realiza moderação de conteúdo” e não oculta informações como senhas e números de contas.

Resta verificar se os usuários serão realmente beneficiados em seu dia a dia. 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Comentários:
Notificações
Notificar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Home » Hardware » Recall, um novo recurso do Windows 11

EM DESTAQUE

WEBINARS

LEIA TAMBÉM

JUNTE-SE HOJE À COMUNIDADE EMBARCADOS

Talvez você goste:
Nenhum resultado encontrado.


Seminário de
Sistemas Embarcados e IoT 2024
 
Data: 25/06 | Local: Hotel Holiday Inn Anhembi, São Paulo-SP
 
GARANTA SEU INGRESSO

 
close-link