FAVORITAR
FecharPlease login

Holanda tenta reter a mais valiosa empresa europeia de tecnologia

A holandesa ASML é a mais valiosa empresa europeia de tecnologia. Projeta e fabrica máquinas de litografia, um componente essencial no processo de fabricação de chips – é a única fabricante das máquinas EUV (Extreme Ultraviolet), fundamentais para a produção dos chips mais avançados. 

Essas máquinas são extremamente complexas e muito grandes, como mostra a imagem que ilustra este artigo.    

Seus produtos envolveram a ASML na guerra de chips entre a China e os Estados Unidos; a empresa foi forçada a restringir a venda de suas máquinas à China.

Agora a ASML vem sofrendo outros tipos de ameaças: o governo holandês estaria considerando pôr em prática um plano para, gradualmente, elevar os impostos pagos pelos estrangeiros que vivem no país. Outra ameaça seriam  restrições à imigração, que o líder de extrema-direita Geert Wilders, que obteve uma vitória eleitoral surpreendente no ano passado, diz pretender colocar em prática. 

A ASML alerta que essas mudanças de regras bloquearão seu acesso a talentos. Com cerca de 18 milhões de habitantes, o país não consegue fornecer à ASML a mão de obra muito especializada de que esta necessita. 

Segundo Peter Wennink, CEO da empresa, a ASML pretende continuar na Holanda, mas se as ameaças se concretizarem ela precisará ir para um país onde talentos possam ser mantidos com mais facilidade. 

O jornal holandês De Telegraaf informou que o governo do país, ciente desse cenário, lançou uma operação secreta para tentar manter a ASML na Holanda, trabalhando especialmente junto à direção da empresa, que já deu sinais de que estaria considerando mudá-la para a França.

No que vem sendo chamado “Operação Beethoven”, estão envolvidos membros de alto escalão do governo, dentre os quais a ministra da Economia, Micky Adriaansens, que reconhece as dificuldades que serão enfrentadas pela empresa se as ameaças se concretizarem. 

É mais uma batalha sendo travada na guerra pelos chips, que envolve não apenas as grandes potências, mas também países relativamente pequenos como a Holanda.  

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Home » Notícias » Holanda tenta reter a mais valiosa empresa europeia de tecnologia

JUNTE-SE HOJE À COMUNIDADE EMBARCADOS

Comentários:
Notificações
Notificar
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:
Nenhum resultado encontrado.